Governo do Estado investe mais de R$ 2,2 milhões em Conceição do Castelo

Governo ES/Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve na manhã deste sábado (05) em Conceição do Castelo, onde fez a entrega das obras de construção do Centro de Esportes e Lazer na comunidade de Formosa, além dos serviços de recapeamento asfáltico de vias e da nova sinalização viária no município. Também foram anunciadas obras de calçamento rural dentro do programa Caminhos do Campo e o termo de interesse para instalação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). Os investimentos do Governo do Estado no município ultrapassam R$ 2,2 milhões.

Casagrande ressaltou a importância das entregas e dos anúncios de investimentos em Conceição do Castelo para o desenvolvimento do município e de toda a região sudoeste serrana do Estado. “É bom estar em uma comunidade, em uma cidade entregando e fazendo obras. Como governante, nosso papel é fazer entregas, em obras ou serviços. Por muito tempo as pessoas ficaram sem entregas e estão ansiosas. Temos que ter um comprometimento muito forte”, afirmou.

E prosseguiu: “Hoje entregamos um centro de esportes e lazer, sinalização viária, uma avenida principal renovada, assinamos também a obra de calçamento rural e a intenção da instalação do Samu 192. São diversos investimentos na região. Temos a obra da rodovia de Castelo a Muniz Freire, que passa aqui perto e vai ajudar na ligação a Conceição do Castelo. Temos ainda os dez leitos de UTI no Hospital Padre Maximo, aqui em Venda Nova do Imigrante. São obras estruturantes que ajudam no desenvolvimento regional”, disse.

O governador também falou sobre a retomada das obras paralisadas nos últimos quatro anos: “Entregamos essa avenida principal que ficou muito bonita. Uma obra que não iniciamos, mas estamos entregando. Não paralisei nenhuma obra, pois é importante fazer essas entregas independentemente de quem está governando. As obras não são de governador, mas sim da população. Tivemos muitas obras paralisadas quatro anos atrás e isso é muito ruim. Estamos retomamos todas elas”, destacou.

Centro de Esportes

Uma solicitação antiga da comunidade de Formosa, o centro esportivo começou a ser construído em 2017, mas as obras avançaram mesmo durante este ano. O Centro de Esportes e Lazer é composto de palco, banheiros, cantina e área livre. O investimento total foi de R$ 385.852,60. Será o primeiro centro de lazer da localidade. Além da prática de atividades esportivas e de lazer em geral, o espaço também poderá ser usado para sediar eventos.

De acordo com o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Júnior Abreu, o espaço vai beneficiar cerca de 1.500 pessoas de Formosa e das comunidades próximas.

“A entrega de mais um espaço esportivo no interior do Estado só reforça a importância do esporte para o governador Renato Casagrande durante sua gestão. Esse centro vai contribuir para o desenvolvimento do esporte na região, além de ser uma ótima opção de lazer para a comunidade. Seguiremos nos empenhando para que os convênios assinados em outros municípios também sejam concluídos o mais rápido possível, com o intuito de beneficiar os capixabas de outras regiões”, frisou.

Avenidas recapeadas

Também foi entregue à população o serviço de recapeamento asfáltico da Rua Souza Pinto e das Avenidas José Grilo e Harvey Vargas Grilo. O trecho viário é o mais importante do município, já que faz a ligação com as principais rodovias da região, como a ES-165 (sentido BR-262) e a ES-472 (sentido Rodovia Pedro Cola), que dá acesso ao litoral sul do Estado. As obras foram realizadas por meio de um convênio da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), com um investimento total de R$ 1.411.736,69.

O secretário Marcus Vicente explicou os detalhes da intervenção: “Essa importante obra para o município de Conceição do Castelo tem extensão total de 2.698,22 metros, com 21.585,74 metros quadrados de área pavimentada em asfalto, 879,54 metros quadrados de calçada cidadã e mais 559,10 metros de meio-fio”. Ele destacou ainda que o recapeamento foi necessário, pois as vias foram construídas há 15 anos e se encontravam em avançado estágio de degradação.

Sinalização com foco na redução de acidentes

O município de Conceição do Castelo também recebeu uma nova sinalização viária horizontal e vertical, investimento realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) no valor de R$ 206.540,53. Foi realizada a demarcação de faixa elevada para travessia de pedestres; faixa de travessia de pedestres; marca de delimitação e controle de estacionamento; demarcação de vaga para pessoa portadora de deficiência e para idoso; além de outros dispositivos. Já a sinalização vertical incluiu o pórtico e semi pórtico na chegada do município; placa indicativa turística; placas de regulamentação, dentre outros, conforme projeto aprovado.

Segundo o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, aliada à educação e à fiscalização, a sinalização é um instrumento importante para contribuir  com um trânsito mais seguro em todos os municípios capixabas.  “O Detran já finalizou ou deu início aos serviços de implantação e manutenção de sinalização em 21 cidades só neste ano, inclusive nos distritos, a exemplo de Conceição do Castelo. É imprescindível que a população obedeça à sinalização para que o Espírito Santo possa reduzir o número de mortes, de acidentes e de pessoas com sequelas permanentes nas nossas vias”, salientou.

Ainda durante este sábado, servidores da Gerência de Educação de Trânsito do Detran|ES abordaram moradores para orientá-los sobre as mudanças feitas, com o objetivo de conscientizá-los sobre a importância de ter atitudes corretas no trânsito.

Givaldo Vieira declarou que os recursos para realização de serviços relacionados à sinalização e engenharia de trânsito são provenientes dos recursos de multas de trânsito, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Calçamento Rural

Entre os anúncios de novos investimentos para o município está a complementação do Programa Caminhos do Campo, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Foi dada a Ordem de Serviço para obras de calçamento rural nas localidades de Ribeirão de Santa Tereza, Vargem Alegre, Ribeirão do Meio, Santo Antônio e Água Limpa (Angá).  São mais de cinco mil metros quadrados de calçamento e mais de 1.800 metros de meio-fio, totalizando um investimento superior a R$ 260 mil.

O secretário de Agricultura Paulo Foletto lembrou que o programa de Calçamento Rural auxilia o desenvolvimento econômico do Estado ao melhorar a infraestrutura do meio rural e facilitar o acesso às áreas urbanas. “Em nove meses  investimos mais de R$ 6 milhões no programa, atendendo a mais de 80 comunidades rurais em 25 municípios. O que temos visto é a alegria dessas comunidades que antes tinham de conviver com a poeira e o barro. Quando você leva o calçamento rural a essas pessoas, você proporciona mais qualidade de vida, qualidade essa que todos os programas da Seag têm procurado levar. Isso é fundamental para manter o equilíbrio socioeconômico do Espírito Santo”, pontuou.

Foletto destacou que o calçamento rural será uma das principais ações de infraestrutura a serem desenvolvidas pela Secretaria de Agricultura.

Samu para todos

Durante a agenda, a Prefeitura de Conceição de Castelo assinou o Termo de Interesse na implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desenvolve o projeto “Samu para todos”, que tem objetivo de levar o serviço para 100% dos municípios capixabas. Atualmente, o serviço de urgência está presente em 18 cidades do Espírito Santo, que corresponde a 23% do total de municípios e uma cobertura de 55% da população capixaba.

“O ‘Samu para Todos’ vai reduzir os vazios assistenciais e oferecer um acesso de qualidade à rede de urgência e emergência. Além disso, reduzirá custos com ambulâncias terceirizadas e governança municipal sobre o contrato, pois o município passa a ser interveniente e participará do cofinanciamento”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

A atual estrutura logística operacional conta com uma Central de Regulação das Urgência e uma frota de nove Unidades de Suporte Avançado, 22 Unidades de Suporte Básico e um helicóptero “Multimissão” (policial e aeromédico), em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

Com a expansão, o Governo do Estado pretende centralizar toda a gestão da urgência em um único Complexo Regulador, com ambulâncias do Samu distribuídas estrategicamente em 100% dos municípios capixabas, tendo 23 Unidades de Suporte Avançado (UTI Móvel), 30 Unidades de Suporte Intermediário, 67 Unidades de Suporte Básico e dois helicópteros aeromédicos configurados como UTI Móvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *