Pedalando há oito meses, ciclistas visitam Afonso Cláudio e escalam pedra “Inferno na Torre”

Texto: Kennedy Lenk/Fotos: Divulgação e Róbson Scárdua

Um casal de ciclistas da cidade de Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte – RN, está há sete meses na estrada, sem medo dos desafios. Jéssica Oliveira e Aneke Allem deixaram sua terra natal em fevereiro com o projeto de escalar 50 cumes mais desafiadores do Brasil. Recém-chegados ao Estado, o casal cumpriu dois desafios: A Pedra do Camelo e Pedra dos Três Pontões, nos municípios de Pancas e Afonso Cláudio, respectivamente.

Em Afonso Cláudio desde a última quinta-feira (03), o casal relatou que está se sentindo em casa. “O Espírito Santo é o estado que melhor nos acolheu até o momento. Por onde passamos, sentimos calor humano. Já visitamos lugares pitorescos, e Afonso Cláudio nos oferece o mesmo desafio e carinho. Depois de escalarmos a Pedra Três Pontões,  seguiremos sentido à Pedra Azul, em Domingos Martins,” disse Jéssica.

A Pedra Três Pontões possui uma via conhecida por “Inferno na Torre”. Trata-se de um dos dedos da pedra, já visitados pelos mais astutos alpinistas do Brasil e de outros países. Ela está registrada no livro, “50 vias Clássicas no Brasil”, de Flávio Daflon. Segundo a ciclista e alpinista Jéssica Oliveira, ela e seu namorado Aleke Allem, descobriram os Três Pontões por meio deste livro. O casal pretende encerrar a aventura no Estado do Rio Grande do Sul- RS.

A escalada nos Três Pontões, prevista para domingo (06), não ocorreu por conta de chuvisco na região. Na manhã desta segunda-feira (07), Jéssica e Aneke registraram a alegria de escalar o  “Inferno na Torre”, nome dado ao “dedinho” da pedra por alguns alpinistas em 1996. Na ocasião, alpinistas quase morreram em um dos pontos de descanso no início da escalada por conta de uma explosão causada por um fogão, no momento em que preparavam suas refeições.

Os próprios alpinistas batizaram esta via de escalada de “Inferno na Torre”, inspirados na mega produção de Hollywood com película original de 1974, cujo protagonista foi o ator Paul Newman, no papel de um renomado arquiteto. O filme conta história do maior edifício do mundo com 138 andares. Um grande incêndio tornou-se um inferno para os moradores do último andar e a corrida pela vida garantiu o sucesso do filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *