Água sem tratamento adequado é problema para moradores de Fazenda Guandu em Afonso Cláudio

Texto: Kennedy Lenk/Fotos: Divulgação

A má qualidade da água consumida por moradores do Distrito de Fazenda Guandu levou o vereador Márcio dos Santos, o Márcio do CDA (PSB), até à estação de tratamento do precioso líquido. No local,  o vereador verificou a má condição do reservatório, do filtro e de caixas distribuidoras. De acordo com moradores, o problema já havia sido apresentado ao poder público.

As estruturas que conserva e distribui a água aos moradores do Distrito, fez aniversário recentemente, mas sem motivos para comemorar. Há 29 anos, a estrutura foi inaugurada e, segundo o vereador Márcio Santos, ela não recebeu reforma. “Quando a inauguração ocorreu, existiam 150 famílias que consumiam a água. Hoje esse número passa de 500 famílias,” disse o vereador.

Recentemente moradores buscaram informações com a prefeitura e sem resposta, denunciaram o problema em um programa de rádio. “Alguns moradores estão passando mal e acreditamos ser proveniente da água que ingerimos. Ela está com cor amarelada e dá medo até de ver a água dentro do copo,” disse na ocasião, uma mãe de aluno que sentia dores estomacais e disenteria.

Sem resposta, inúmeros moradores fizeram poço artesiano e deixaram de consumir a água “tratada”. Moradores apoiaram a visita do vereador, que constatou a péssima condição de armazenamento do produto. Márcio relata que é necessária uma rápida reforma da estrutura, especialmente no filtro. Alguns pais de alunos disseram ao vereador que até na escola o problema foi verificado.

De acordo com o vereador Márcio Santos, o filtro, peça fundamental para a qualidade da água, nunca foi trocada. “Estive no local após ouvir reclamações de moradores cansados de sofrer com a má qualidade da água. É fácil verificar que o problema está na má conservação da estrutura de distribuição. A caixa é pequena para tamanha demanda, sem falar no filtro que nunca foi trocado. São 29 anos sem uma boa reforma” afirmou o vereador.

O vereador disse ainda que os funcionários, os técnicos, fazem sua parte com o que tem à disposição, cabendo o poder público fazer a sua. “Os técnicos realizam o trabalho no limite do possível. Cabe bom senso por parte do executivo. Os profissionais e a população merece uma atenção, porque a água sem qualidade pode trazer grandes prejuízos à saúde. Aguardamos e acredito que o prefeito dará a resposta que aquele povo merece,” concluiu Márcio Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *