“Ele é um monstro”, diz vítima de estuprador em série que agia na Grande Vitória

Texto: Redação FV/Foto: Reprodução TV Vitória

Foi preso na quinta-feira(24), no bairro São Francisco, em Cariacica, Glaupiherle Grasielo Rocha, de 36 anos, suspeito de praticar estupros em série na Grande Vitória. De acordo com a polícia, ele introduzia objetos cortantes, e até uma arma de fogo, nas partes íntimas das vítimas.

Segundo a polícia, a maioria das vítimas foi levada para um local ermo, na rodovia do Contorno, área onde os estupros aconteceram. Duas vítimas relataram à reportagem da TV Vitória como foram abordadas e as agressões as quais foram submetidas. Diante da violência descrita, trechos foram subtraídos dos relatos abaixo:

“Ele passou de carro, piscou o farol e sinalizou que eu fosse até ele. Depois que combinamos o preço, entrei no carro. Enquanto ele dirigia, ia explicando como queria o programa. Quando o carro parou, ele ficou agressivo. Depois das agressões sexuais, eu desmaiei. Ele me largou no meio do nada. Depois de andar duas horas e meia, quase nua, cheguei até uma empresa e os funcionários chamaram a polícia”, revela.

Após ser socorrida, a vítima ficou internada durante cinco dias em um hospital na Grande Vitória. Além de ter sido submetida a três cirurgias, hoje ela ainda vive a base de analgésicos e usa uma bolsa de colostomia.

Outra vítima do suspeito revela que foi abordada no bairro Cobi de Cima, em Vila Velha. “Ele colocou uma arma na minha barriga e mandou eu entrar no carro. Disse para eu ficar tranquila, que eu era muito bonita e não ia fazer nada comigo. Não imaginava que ele iria fazer o que fez”.

Após as agressões, a jovem ficou internada durante cinco dias em um hospital e  recebeu 20 pontos na região genital. “Ele disse que ia arrancar meus órgãos, me jogar em uma vala e minha família nunca mais ia me achar. Ele é um monstro”. 

Prisão

A polícia conseguiu chegar até as vítimas depois de uma mulher ter dado entrada no pronto-atendimento (PA) de Alto Lage, em Cariacica, no último dia 14. A Polícia Militar foi acionada após a identificação de um possível estupro.

A mulher, de 38 anos, foi encontrada ferida e desacordada na rodovia do Contorno. Algumas mulheres precisaram fazer a reconstrução do órgão genital após os abusos praticados pelo homem.

Apreensões

A arma utilizada pelo suspeito para cometer os crimes ainda não foi encontrada. Além do carro, a polícia apreendeu na casa do rapaz uma motocicleta com placa adulterada e pássaros silvestres criados de forma irregular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *