Amigos de Castelo vão pedalar por 30 horas entre igrejas

Trajeto será de mais  de 330 km. Ciclistas vão percorrer 11 cidades no Sul do Estado  para seguir caminho  de padres.

Foto: Divulgação

Um grupo de amigos vai participar de um desafio que reúne fé, cultura e muita disposição. Eles vão pedalar mais de 330 km, saindo de Castelo, no Sul do Estado, para percorrer os caminhos dos jesuítas.

A aventura vai durar 30 horas e irá seguir por 11 cidades. A Missão Jesuíta 24 Horas segue em sua quinta edição. Começa no sábado (15) e só termina na manhã de domingo (16).

Nas edições anteriores já chegou a reunir até 42 ciclistas, mas este ano, em função da pandemia, a aventura terá 18 participantes para evitar aglomeração.

“Vamos tomar todos os cuidados, mas não podemos parar, pois representa um contexto histórico riquíssimo, de quase 400 anos”, explicou o historiador e empresário André Dell Orto Casagrande.

O nome, segundo André, reúne dois significados. Missão no sentido do desafio e também numa referência às missões jesuíticas dos padres, que fundaram comunidades e construíram igrejas no século 17.

Os ciclistas vão sair de Castelo às 5 horas de sábado. Antes, eles receberão uma benção do pároco local. Terão sua primeira parada em Vargem Alta, para um café da manhã. Em seguida, seguem até Matilde, no interior de Alfredo Chaves, para o almoço.

O grupo continua a aventura até a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Guarapari, um templo construído pelo padre jesuíta São José de Anchieta. De lá, vão para o Santuário Nacional de Anchieta, em Anchieta.

Na praia de Itaoca, em Itapemirim, os ciclistas vão jantar e descansar por duas horas. Sairão à zero hora de domingo em direção ao Santuário das Neves, em Presidente Kennedy, outra igreja construída pelos jesuítas.

Por fim, a viagem continua por Cachoeiro até Castelo. Toda a aventura segue os passos dos jesuítas, começando em Castelo, onde historiadores encontraram ruínas que podem ser da primeira igreja construída pelos padres fora do litoral.

O local já se tornou ponto de peregrinação, com caminhada de 100 quilômetros até Itapemirim.

Com informações da: TribunaOnline

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *