Políticos comentam sobre a decisão do STF que beneficiou presos da Lava Jato

Texto: Kennedy Lenk/Foto: ACSPA

Na última sexta-feira (08), o Brasil acompanhou o final da votação do Superior Tribunal Federal (STF), com a decisão de que réus condenados não podem ser presos em Segunda Instância. A decisão beneficiou o ex-presidente Lula, José Dirceu e outros presos da Lava Jato. Esta decisão abriu debates, e as divergências de opiniões estão em todos os níveis da sociedade brasileira.

A partir do histórico dia 08 de novembro, o réu só pode ficar na cadeia depois do trânsito em julgado, ou seja, quando todos os recursos dos advogados se esgotarem, incluindo as apelações ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), e ao próprio Supremo. A verdade é que quase cinco mil pessoas podem ser beneficiadas com a decisão do Superior Tribunal Federal (STF).

Em Afonso Cláudio o assunto esquentou as rodinhas de bate papo e as redes sociais. O Diário ES ouviu alguns políticos de Afonso Cláudio, que divergiram sobre a decisão do STF. Os vereadores Márcio dos Santos, o Márcio do CDA (PSB); Josimar Neves, o Tilim (PV); Romildo Camporez da Silva (DEM), e Roserene Paulino da Silva (DEM), não fugiram do debate.

Márcio do CDA relatou que entre os países da Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil é o único que não prende em segunda instância, afirmando ainda: “A decisão do STF provocou uma grande instabilidade jurídica no país e um clima de impunidade. Verificamos que a medida vai beneficiar o colarinho branco, enquanto o menos favorecido ficará na cadeia. A decisão deixa transparecer que o crime compensa”, falou Márcio.

O vereador Josimar Santos Neves, seguiu o mesmo raciocínio do colega Márcio dos Santos e emendou. “O STF quer desbancar o Ministério Público e sufocar o povo brasileiro, quando resolve deixar os corruptos soltos após segunda instância. Quero saber a quem tanto interessava essa decisão. O povo brasileiro tomou um tapa na cara do Superior Tribunal Federal (STF) e aumentou a sensação de impunidade,” criticou Tilim.

Outra que assina sob os comentários de Márcio e Tilim é a vereadora Roserene Paulino da Silva. A representante do (DEM) na Câmara Legislativa de Afonso Cláudio disse que a política no Brasil está cada vez mais desacreditada. “A sociedade sofrida dificilmente é ouvida em seus direitos, mas os políticos sempre têm direitos. A política no Brasil está cada vez mais desacreditada. Isso é Vergonhoso!” declarou Roserene da saúde.

Em sua resposta ao Diário ES, Romildo Camporez da Silva criticou o PT e Lula, mas se posicionou a favor da decisão do STF. “Sou contra o PT e Lula por tudo de mau que fizeram ao Brasil. Lula é um dos maiores ladrões do Brasil, basta ver o que a justiça já provou. Mas entendo que o STF acertou na decisão, já que a Constituição prevê que ninguém pode ser preso enquanto não houver o trânsito julgado de sentença penal condenatória. Portanto, sou a favor da liberdade de Lula,” declarou Romildo.

Para os leitores, o Diário ES lista os 10 personagens que, segundo a Lava Jato, mostraram ao mundo o lado negro da política brasileira.

Lula – ex – presidente

José Dirceu – ex- ministro da Casa Civil

João Vaccari Neto – ex-tesoureiro do PT

Delúbio Soares – ex-tesoureiro do PT

André Vargas – ex- deputado federal pelo PT

João Cláudio de Carvalho Genu – ex-assessor do PT

José Carlos Costa Marques Bumlai – pecuarista

Dário Teixeira Alves Júnior – economista

Renato Duque – ex- diretor de serviços da Petrobrás

Gerson de Mello Almada – ex- sócio da Engemix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *