Aedes aegypti: mesmo em queda de notificações, cuidados precisam ser mantidos

Foto: Divulgação

Durante esta semana, o Espírito Santo permanece apresentando baixas temperaturas. Mesmo com o mosquito Aedes aegypti – responsável pela transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya –, apresentando baixa circulação neste período, os cuidados para evitar a proliferação devem ser constantes.

Diante disso, é importante realizar ações de limpeza dentro das próprias residências e propriedades, eliminando, assim, a proliferação dos possíveis focos do inseto para evitar a origem de um novo ciclo no início das altas temperaturas.

São atos simples como: certificar-se que pneus velhos, garrafas vazias, calhas, suporte de plantas, copos descartáveis, papelão, entre outros objetos não estejam acumulando água. Isso contribui para a eliminação dos possíveis focos.

A proliferação do mosquito acontece quando a fêmea do inseto deposita seus ovos em recipientes com água parada. Após o contato com o líquido e a fusão com altas temperaturas, ocorre a eclosão dos ovos.

Com informações da Sesa/ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *