Carreta de prevenção a Hanseníase faz atendimentos em Afonso Cláudio

Texto: Kennedy Lenk/Fotos: Rosi Will

O Ministério da Saúde (MS), em parcerias com a Associação Alemã de Assistência aos Hansenianos e Tuberculosos (ONG DAHW), Governo do Estado, Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), da multinacional Novartis Brasil e dos municípios contemplados com o programa, estacionou a Carreta da Saúde contra a Hanseníase na Praça Aderbal Galvão em Afonso Cláudio, na última quarta-feira (6). Lá, 160 pessoas receberam atendimentos e os casos positivos verificados por meio da Baciloscopia, tiveram o tratamento iniciado no local. Outras 63 fizeram agenda para realizar o exame em dois postos da cidade.

Patrícia Marques Soares

De acordo com a enfermeira e coordenadora da unidade de saúde e do programa de Hanseníase no município, Patrícia Marques Soares, a equipe estava preparada para atender número superior ao apresentado. Ela contou que por conta de piques de energia, verificados pela Escelsa, o atendimento continuou  no Posto de Saúde. A profissional firmou compromisso de continuar o atendimento nos Postos de Saúde do Centro e do Bairro São Vicente.

63 pacientes já estão agendados para a próxima terça-feira (12) com a atenção de todos os profissionais disponíveis, conforme ocorreu na “Carreta da Saúde”. Os pacientes pré agendados que não compareceram à Praça Aderbal Galvão serão procurados para nova agenda. Dos 160 atendidos, 07 tiveram resultados positivos e já iniciaram o tratamento.

A “Carreta da Saúde” é equipada com 05 consultórios e um laboratório, sob a responsabilidade de oito médicos e da facilitadora do Ministério da Saúde, a dermatologista, Drª Rosiane Deus. O projeto disponibilizou ainda, 06 enfermeiros, 04 técnicos de enfermagem, 04 agentes de saúde, 02 técnicos de laboratório e 02 agentes de endemias, ambos de Afonso Cláudio.

De acordo com a coordenação, o objetivo principal é preparar os profissionais para o diagnóstico da Hanseníase. “Desejamos que nossos profissionais da saúde estejam preparados para o atendimento à população. Os moradores interessados devem nos procurar para agendar as futuras consultas, que ocorrerão nos postos do Centro e do Bairro São Vicente,” falou a coordenadora do programa, que esclareceu sobre o número de atendimentos.

“Tivemos 160 atendimentos, entre eles 99% foi do município de Afonso Cláudio e apenas 1% de Laranja da Terra, com sete casos confirmados, que já iniciaram o tratamento. Nossos postos de saúde estão à disposição para futuros exames,” concluiu a enfermeira e coordenadora do programa de Hanseníase do município, Patrícia Marques Soares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *